segunda-feira, 21 de dezembro de 2009



Mãe, obrigada pela meia!

Célia Pires

Quando eu era pequena, na época de Natal, minha mãe me dizia que se eu pendurasse uma meia na janela, quando Papai Noel passasse na noite do dia 25 deixaria ali o presente pedido por mim. Sempre acreditei, pois minha mãe não iria mentir para mim.
A verdade é que assim que eu acordava na manhã do aniversário do Menino Jesus nem escovava os dentes ou lavava o rosto. A primeira coisa era correr até onde estava a tal meia. O coração apertado pela ansiedade. O medo de não encontrar ali o objeto do meu desejo. Mas lá estava.Sempre estava.
Lembro do sorriso largo que se formava no rosto de mamãe. Se felicidade tinha expressão, pode ter certeza, ali estava.Depois de muito tempo, quando minha mãe já havia falecido é que descobri que o presente no interior da meia era colocado por ela.
Com medo que eu sofresse, pois era filha única, nunca me deixou sem aquele mimo. Às vezes era uma boneca, outras vezes uma roupinha. Mas nunca a meia ficou vazia.
Como não tinha parentes na cidade em que morávamos, era muito difícil para ela, que com coragem decidiu me criar sozinha, pois era mãe solteira.
Também muito mais tarde fiquei sabendo que ela para adquirir o presente pedido por mim, fazia vários bicos. “Você minha princesa merece tudo”, ela me dizia carinhosa.No nosso simples lar nunca faltou o maior dos presentes: o amor. E não foi por que ela sofreu uma decepção, um abandono, que me passou algum amargo da vida. Não. Nossos dias eram doces como laranjas maduras. Como o mais puro mel de abelha.
Agradeço cada presente, pois soube que embora com afeto e amor exigiu dela sacrifícios.
Por isso meu desejo de Natal, se eu tivesse o poder de pedir um milagre, seria o de tê-la por mais alguns momentos junto a mim e poder lhe dizer: mãe, você que sempre se deu inteira, obrigada pela meia.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009






Lindeza Dourada
Célia Pires
Repousa nas profundezas de sua alma certa melancolia que se não ficar atenta lhe rouba um pedaço de sua alegria, o que bastaria para balançar as águas calmas de seu ser tão sensível a ofensas, ao desprezo, embora saiba rir de tudo isso, perdoar e seguir em frente.
Sabe que não é fácil ser personal de si mesma, pois muitas vezes quando deveria ir para o sul vai para o norte e vice-versa, numa caminhada solitária, mas cheia de si mesma.
Alguém um dia lhe chamou de lindeza dourada.
E talvez, talvez,tenha sido chamada assim pejorativamente, pois sabe não ser linda. Com isso, começa a sentir o crescer dessa melancolia, que se ela permitir, se instala comodamente no sofá de sua sala mais intima: seu coração!
Então utiliza sua melhor arma e bani com suas sonoras e libertadoras gargalhadas qualquer tristeza que queira roubar seu bem mais precioso, a alegria.
Se lembra feliz que nasceu sob o signo do Sol e se esquece do que a vida real lhe nega. Adormece e sonha um sonho tão belo, mas tão belo que deseja nunca mais acordar, pois está num lugar onde todas as cores são respeitadas, mas lindeza mesmo, só a dourada!

domingo, 8 de novembro de 2009

Foto-João Ferraz
Bebendo no orvalho

Célia Pires


Quando estou contigo me sinto qual borboleta bebendo no orvalho. Rara iguaria. Natural. Divina.

E tal qual borboleta, me sinto leve.

Seus carinhos aos poucos me fazem sofrer uma metamorfose. Transformada em mariposa só quero voar e me acabar em torno de sua luz...bebendo no orvalho...seu orvalho!

domingo, 25 de outubro de 2009

video

Batismo do Matheus aos 10 anos: foi lindo!UMa verdadeira benção!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009




Foto-João Ferraz


"Amor incondicional"

Célia Pires

Na vida não importa quem somos, mas que alguém nos aprecie pelo que somos, nos aceite e ame incondicionalmente. Assim são os cães. Com eles vamos aprendendo que não há melhor psiquiatra na terra do que um cão lambendo nosso rosto, nos fazendo festa quando chegamos. Ás vezes o dia não foi bom, mas aquele abanar de rabos por nos ver faz com que esqueçamos tudo, e que ninguém que não sabe o sabor do sabão jamais deu banho em um cachorro. Os cães amam (sei disso, tenho seis em casa) seus amigos e mordem seus inimigos, ao contrário das pessoas que tentam misturar amor e ódio.
Com os cães aprendemos que um verdadeiro amigo é aquele que chega quando o resto do mundo já se foi. Aos poucos vou tentando mudar os meus conceitos em relação a certas pessoas, apesar de amá-las, simplesmente pelo fato de terem um cão. Pois os cães conseguem farejar uma pessoa boa a quilômetros de distância.....

segunda-feira, 12 de outubro de 2009



Ser criança


Deixar escorrer o suco da fruta.

Que importa que vai manchar a roupa?

Não fazer distinção entre as pessoas.

Brincar e brincar com todos os coleguinhas, pois ainda não foi apresentado

o frio "veneno" do preconceito e da discriminação

Ser feliz com um simples abraço.Um eu gosto de você!

Trazer a pureza no olhar. Isso é ser criança. Não importando a idade.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009



(Foto de João Ferraz)

Passageiro da luz

Célia Pires

De onde sou? De Marte. Não acredita?Tanto faz. A mim, basta o meu credo. A minha Verdade.Meu grande erro como passageiro da luz foi me apaixonar pelas coisas lindas desse planeta. Eu sou o abduzido nesta Terra e por amor não consigo voltar pra casa...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Sonhos pra não querer acordar

Célia Pires

Você é doce como os Sonhos. Desses que fazem a gente não ter vontade de acordar e mergulhar na cremosidade de um prazer único. Total.
Você é doce como os sonhos. Dessas iguarias que nos dá vontade de nos lambuzarmos de carinhos.
Você é desses sonhos que por mais que a gente aprecie sempre nos deixa com aquela sensação de querer mais...você!
Foto-João Ferraz

























Minha

Célia Pires


Quando você me disse adeus, senti como se minha alma fosse como a chama de um fósforo. Uma vez apagada...Senti como se fatiassem meu coração, que encharcado pela dor quase parou de bater. Mas a luz da esperança iluminou um único cantinho ainda seco e bastante firme: a minha fé. E com ela sequei o meu pranto. Com ela costurei as feridas abertas e segui em frente...pronta para um novo amor!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009



(Foto de João Ferraz)
Casa de Caboclo
Célia Pires
Tem gente que não sabe que não é preciso morar em um castelo para se ter a tal de felicidade.
Eu, por exemplo, na minha casa de chão batido, a que chamam de casa de caboclo tenho tudo que preciso: alguém que me faz sorrir, que alimenta minha alma e meu corpo com prazer.Sim. Na minha casa de caboclo, meu amor está comigo. Do que mais eu preciso?
Lá no fundo tem a horta. Mais à frente uma vaquinha leiteira. O feijão dá caldo grosso e a viola dá para tirar algumas melodias.
A minha casa de caboclo é um castelo onde o luxo é ter simplicidade e o maior bem, a maior das riquezas é o amor. O AMOR....

terça-feira, 25 de agosto de 2009




Urgência urgentíssima




Célia Pìres


Meu querido amor:


Estou lhe escrevendo para dizer que é urgente que você saiba que eu te amo e que a minha felicidade é saber que você existe.


Estou lhe escrevendo para dizer que é urgente que saiba que para mim você é a pessoa mais importante que existe e que o meu mundo sem você por perto não terá a minima graça, pois é você que colore meus dias, que apaga as tristezas.


É urgente eu te dizer que tenho um sonho de um dia poder caminhar com você lado a lado. Só nós dois. Sem preocupação com a hora de ir embora. A minha mão na sua. Como um elo de amor.De confiança. Companheirismo. Você sendo você mesmo. Sem convenções sociais. Apenas um menino que posso ninar. Ter em meus braços para encher de carinho.


Estou lhe escrevendo para dizer que é de urgência urgentissima dizer que te amo.




PS:Te espero. Quero.Chamo. Sonho. Anseio pelos momentos em que poderei ficar ao seu lado




Um grande beijo minha única e grande paixão




Eu
Sônia
Célia Pires
Sonhos, magia e poesia
Olhos de feitiço
e ao mesmo tempo contendo toda a ingenuidade. Toda meiguice que se pode ter num olhar. Maroto. Sonhador. Sedutor.
N
enhuma pedra é capaz de quebrar a delicadeza existente em seu ser. Jeito suave que contagia. Cativa a quem quer que seja.
Ilusão não é com ela. Prefere viver o real e aproveitar ao máximo esta grande viagem que é a vida. Leva na bagagem sua coragem. Autoconfiança. Sua segurança.
A coisa mais linda é ver que essa princesa se transformou em rainha e como tal brilha e reina soberana no castelo mais lindo que existe. Um castelo chamado Paz. De sobrenome Amor....
(25 de agosto- Homenagem a Sônia. Minha irmã e melhor amiga)

sábado, 22 de agosto de 2009




Flor de Mato


Quero uma flor, como a flor de mato, que espalhe seu perfume pelos jardins de meus lençóis
Quero um "cobertor" bem quentinho nas noites de frio me envolvendo com toda maciez e carinho.
Quero alguém que me ouça e entenda o sentido das minhas palavras. Que mergulhe nas profundezas do meu olhar.Quero a alegria chegando tal qual a flor de mato que chega "plainando" suavemente. Quero essa alegria ficando.
Quero a esperança invadindo meu viver.
Quero sonhar todo dia.
Quero experimentar o gosto do prazer. Saborear o mel mais puro...
Quero ser sufocada com beijos, beijos e mais beijos.
Quero emoção, a mais louca das paixões.
E tudo isso só posso encontrar em você....minha flor. De mato...



sexta-feira, 21 de agosto de 2009

(Foto-João Ferraz)
Araraquara, meu amor!

Você é o aconchego, quando depois de longas
viagens repouso meu corpo. Feito lagarto ao sol
Polêmica: Rua 2. Rua 5.E quantas ruas mais vierem...
Todos querem te enfeitar.
Mas você é linda de qualquer jeito: simples ou sofisticada.
De manhã. Á tarde. Á noite e até de madrugada.
Você é meu amor em todas as horas.
Mas a hora preferida é quando o sol se põe.
Fazendo de ti sua morada. Do Sol

Célia Pires

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

.
A cada dia....
Célia Pires
Ao invés de enfraquecer esse amor cresce a cada dia....
Não me envergonho de confessar.Amar é um grande aprendizado. Sempre para o bem. Amor só é do bem.Revoluciona tudo o que há dentro da gente. Promove mudanças bruscas, imediatas e até nos faz ser pessoas melhores. Corrigir nossos erros. Mudar nossas opiniões. Nos faz calar quando devemos falar e vice-versa. É uma coisa mágica. Uma montanha russa onde num momento somos catapultados para o alto e no próximo rentes ao chão. Emoções....

segunda-feira, 17 de agosto de 2009


Aniversário

Hoje eu queria um presente: Poder fitar os seus olhos e ver refletido o mesmo que você veria no meu: só amor. Só amor...
(célia pires)
IriS

Irresistivel
Rara
Incomparável
Sábia




(Iris)
Menina dos olhos

A parte mais linda dos olhos se chama Iris.É a que lhe dá cor!
Um dos milagres da natureza é o arco-iris.Um festival de cores. Muitos acreditam que no seu final existe um tesouro.
Imagine ser esse colorido (Iris) e ao mesmo tempo guardar em si um tesouro(Arco-Iris)? Assim é Iris. Essa mulher de sorriso doce e mágico,
pois sincero. Apaixonada pelo canto que lhe traz mais encanto.
São raras as pessoas possuidoras de tanta luz que chegam a inundar o ambiente com seu brilho.Próprio! Único.
Quando você chega, não importa o lugar é sempre notada, pois que é a menina dos olhos. De todos nós!

(Homenagem a Iris Andrião)

(célia pires)

domingo, 16 de agosto de 2009




As mais tocadas
(final da década de 80)


Ao te ver nunca imaginei que o 'perigo' me rondava. 'Só a lua' foi quem viu que fiquei entre a 'cruz e a espada'.
Você, uma figura 'cheia de charme' me deixou com os olhos 'alagados' de 'fogo e paixão'.
Fiquei 'maluco beleza' e desejei passar contigo 'mil e uma noite de amor'.
'Anjo', 'não diga nada'.Meu amor é desenfreado. 'Desculpe o auê' do meu coração.
Não pude resistir a sua 'doce magia'. A um 'sol de primavera 'iluminando meu' coração de estudante'.
'Esses humanos' que ficam me observando de soslaio, nem imaginam que meu coração é um 'entra e sai de amor'.
Com você estou 'a dois passos do paraíso', e este amor 'exagerado' faz com que, às vezes, eu sinta 'ciúmes 'de você.
Faço fricote. Você finge me deixar. Peço revanche e revelo que só você me fascina, pois você é' um certo alguém' que me dá' sorte'. Contigo quero viajar num 'trem azul', ouvindo lindas canções vinda de uma 'rádio pirata'.
Com você até emudeço.Quero que aconteça tudo! Acho que nosso amor estava 'escrito nas estrelas'.
Ter você faz com que me sinta 'linda demais'. Fui totalmente cativada e já não consigo viver longe de você...simplesmente porque seu amor é 'gostoso demais'!
(célia pires)

sábado, 15 de agosto de 2009



Tributo a Renato Russo


(quase 13 anos sem um dos meus idolos)




Russo? Não. Era Universal. Tinha tanta poesia dentro de si que chegava a transbordar, nos seus olhos uma tristeza infinita que se derramava em letras que traduziam o que nos ia no intimo, reconhecíamos que cada palavra era como se fosse dita por nós.
Renato era nossa voz! E aquelas coisas que não tínhamos coragem de dizer pra ninguém? Ele as cantava por nós. Agradecidos comíamos e bebíamos suas canções, pois de alguma forma também eram nossas. Será que vamos conseguir... Depois da Tempestade vem a bonança? Mentira. Veio só a Tristeza.
Ele não sabia, mas era belo. Daquelas belezas onde é preciso quebrar a rocha e descobrir que por dentro é brilhante puro!







Renato era nosso Cabral, nosso Senhor da Guerra.


O descobrimento do Brasil pelo Legião Urbana revelou-nos as quatro estações e Russo com certeza sempre aparecerá num dia de primavera, assim como nos mostrou o vento no litoral.


De tarde eu quero descansar, chegar até a praia, subir nas pedras. Sei que faço tudo isso para esquecer. Deixo a onda me acertar e o vento vai levando tudo embora...


(célia pires)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Você é demais



Você é demais. Por isso meu amigo
te desejo felicidade total

Aprenda que a vida é muito mais que chorar e sofrer por coisas que deixamos de conquistar por um motivo ou outro. Saiba que você por si só já é um feito, um presente. Um bom presente.
Das muitas lições que temos que aprender, uma das mais úteis, simples e óbvias é respeitar o tempo de cada coisa: o nascer do Sol, o desabrochar da flor, o crescimento de cada ser. Respeite o seu tempo.
Você merece chegar ao topo da montanha chamada felicidade.
Fique atento ao momento em que você possa ouvir a grande valsa da vida e dançar livremente sem passos ensaiados. Quando chegar esse momento, se levante altivo e diga para si mesmo: eu sou filho do universo, irmão das estrelas e mereço estar aqui.

(célia pires)
Araraquara,agosto de 2009

Meu querido
Amor, fé e intuição, eis pois as qualidades espirituais que vejo em você.
Quando estou contigo sinto o quanto significa a alegria de estar com alguém muito querido ao lado. Fico tal criança que acabou de ganhar o doce predileto: feliz.
Mas assim que vocêvai embora, meu anjo, já estou sentindo saudades.
Espero o amanhecer envolvida por um misto de solidão e essa saudade que aumenta cada minuto que fico sem você, sem ouvir sua voz, sem sentir a sua suave e doce e ao mesmo tempo forte presença.
Saiba querido, que tu és o amor que aos poucos vai desabrochando como uma flor, cujo perfume me inebria, me acalma e aquece toda minha vida.
Queria que soubesses que amei estar ao seu lado. Observei em você uma personalidade graciosa, reservada, modesta e refinada. Tudo em você é especial, divino e o melhor, real.
Querido, nem é preciso perguntar de onde vem o meu encantamento por você. Basta que me lembre de seu sorriso alegre, de seu humor gostoso e do seu olhar carinhoso.
De quem muito te quer e admira

Eu

(célia pires)

A menina de fitas vermelhas


A Menina de fitas vermelhas

Célia Pires

A vida em linha reta, mas sem conduzir a lugar nenhum, a alegria secando, a rapadura acabando. Meu Deus, qual a razão de tamanho castigo? Todos já cansados de "guerra". Vez ou outra chegava algum "rasgo" de jornal trazido pelo vento. Ninguém sabia ler. Só sabia ver. Nenhum lamento. As cicatrizes da dor já haviam se tornado uma segunda pele.
Sabe o que é chamar por Ele e não obter resposta? Sabe o que é ver a pele curtir a cada dia pelo sol escaldante de um sertão sem fronteiras, um "mundão" seco? Sabe o que é ter somente o verde na lembrança, por que aquela camisa da mesma cor já ficou marrom de tão surrada?
Havia ouvido falara da destruição de um tal de meio ambiente. O que seria?
O que sabia e que nem mesmo o cachorro se aguentava nas pernas, mas era fiel àquelas pessoas. Continuava vivo e ladrando para o ar quente e parado, esperando o Juízo Final.
E as estrelas, quando anoitecia, ficavam mais brilhantes e mais bonitas, mas dentro de cada um estava escuro, com exceção de uma pequerrucha magrinha, que tinha uns olhos "gordos" de vontade de viver.
Apesar de tudo a cabecinha pesava-lhe: carregava muitas lembranças na cabeça, principalmente aquele dia em que ganhou uma linda fita vermelha. O coração varado de dor infantil e pouco assistido em carinho e afeto, acalentava aquela fita com todo cuidado, como se fosse algo raro e precioso.
A música do vento e dos pássaro eram os acordes mais bonitos, mas raríssimos. Tudo tão difícil. A terra árida. A seca"fértil" que se multiplicava a cada dia.
Não chovia. Não havia árvores. Nem lágrimas para molhar a secura da tristeza que ficava pairando nos olhos. A angústia invadia de maneira surpreendente e se alastrava pelo corpo e "moía" o coração tão, já, transbordante de desesperança.
Que dor olhar para as pessoas e ver nelas seres cadavéricos, quase espectrais. Que horror ver o seu próprio reflexo em seres assim. Seu espelho!
Só a pequenina e seu sonho vermelho em forma de fita. Só ela ainda sabia tear o fio da esperança.
E quando, se Deus quisesse, a seca fosse embora e o tal de meio ambiente trouxesse a primavera de volta, ela retiraria seu enfeite da gaveta e seria outra menina, ou melhor, seria uma criança feliz. Seria fada no meio de infinitas flores e correria sobre a relva verde e macia. Ela seria única e esqueceria o sabor dos tempos amargos e se embriagaria com o perfume vermelho das rosas que se confundiriam com sua fita. Sim, ela seria única. A menina de fita vermelha, maravilhosamente vermelha.

terça-feira, 11 de agosto de 2009


Tristeza Imensa
Célia Pires

Temos vivido tantas coisas, o mundo está mudando tanto e tão rápido que de repente nos bate uma tristeza imensa.Mas é uma tristeza que chega ao pensarmos que estamos no terceiro milênio e tantas coisas mesquinhas ainda acontecem a nossa volta.Dia desse uma colega de trabalho levou alguns quitutes para um amigo. Percebeu que as coisas sempre estavam na mesa de outras pessoas e que ele não comia. Custava dizer que estava de dieta?. Gestos como este acabam nos chateando, não porque o mimo foi dado para outra pessoa, mas por nos sentirmos rejeitados.Uma amiga minha me contou que seu irmão não a levou a um baile porque ela não teria com quem conversar e também porque não conhecia ninguém no tal baile. Ele,seu irmão, não estava levando em consideração que ele poderia fazer-lhe companhia no baile, não contou que a conhecia. Na verdade ela me contou que ficou um pouco surpresa com a atitude desse irmão e que isso lhe deu uma tristeza imensa por este não a considerar como uma companhia em potencial. Pensou: se um irmão pensa assim imagine os outros!São besteirinhas assim que enfeiam nosso dia-a-dia e nos fazem perder a vontade de viver irmanamente, em comunhão.Disse a ela: deixa disso, nossos melhores amigos nem sempre são aqueles que estão mais próximos, como um irmão.É uma pena ver irmãos se afastando por isso, mas fazer o quê? Quem é que poderá nos salvar disso?Certo que isso nos abre um buraco imenso no peito e não há nada que possa enchê-lo a não ser o perdão! Tem muito Titanic por ai: bonito, mas ineficaz quando surge a primeira dificuldade. Afunda ao primeiro iceberg que aparece!Tem muito bote salva-vidas que provoca muito mais efeito!A vida não tem que ser arrastada por carros de boi, nem tampouco dirigida a velocidades supersônicas. Há o tempo certo para tudo. Há o tempo de correr e o tempo de apreciarmos a paisagem.Todos na vida encontramos pessoas que nos inundam com sua luz, mas em contrapartida também encontramos aquelas que nos despedaçam, deixam em retalhos nossos sentimentos. Mas tudo faz parte de um grande aprendizado, o que não vale é deixar aquela tristeza imensa tomar conta de você.Uns quilinhos a mais, uns quilinhos a menos, e daí? Somos tão formosos quando trazemos por dentro o desejo de ser e fazer, mas não se esquecendo que devemos partilhar, com outrem as nossas conquistas.Você acha que é só? Conte com você mesmo e com o Ser Superior e não estará sozinho. Basta acreditar.É difícil repudiar as lágrimas que advêm da solidão e dos machucados provocados pelas dores de amores ou pelas desilusões.Quantas vezes você não ressurgiu das cinzas como Fênix? Inúmeras vezes, não é mesmo?Pois então meus queridos, deixem a tristeza para lá. Levantem-se coloquem um disco bem bonito para relaxar e lembrem-se de uma coisa: vocês são filhos do universo e merecem estar aqui e que se dane quem pense o contrário!
Célia Pires

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Nelson


Quem procura por alguém especial que é gente pra caramba.Que sabe transformar deserto em jardim e fazer o mundo à sua volta ficar mais bonito é só bater à sua porta ou perguntar: o Nelson está?

Um gato chamado Lele


Um gato chamado Lele

Célia Pires

Lá vai um gato chamado Lele. Não é vira- lata. É da melhor qualidade.
Ás vezes, tem vontade de ganhar o mundo e ir ronronar por outras paragens. Arrumar a mala e empreender distantes viagens.
Mas o lado caseiro supera o do festeiro. Mas é algo natural querer essa fuga, pois ar fresco e luz do sol são bons para todos, principalmente para um
gato especial como ele, que descende de ancestrais que habitavam as regiões áridas do Oriente Médio.
Seu pêlo é magnífico. Uma verdadeira obra de arte. Sua brincadeira preferida é brincar com os seus novelos de lã ou linha. Um desafio!
Já procurou saber por que alguns gatos estão sempre bonitos e com o pêlo brilhante como os do Lele? É que eles costumam cuidar de si mesmos muito bem.Fora que são belos também por dentro! São únicos! Raros! Admiráveis! Apaixonantes!
O pulo do gato: sorte de quem pode conviver com essa "bola de pelos" adorável, poder alimentá-lo, acarinha-lo, afagá-lo, servir um pires com leitinho quente, pois o que ele lhe dá em troca é seu amor incondicional e seu ronronar mais gostoso. E isso não tem preço!( Para Leandro Pardine)

Que homem é esse?



(Modelo meramente ilustrativo)
Foto-João Ferraz

Célia Pires

Que homem é esse?


Forte
Bonito
Gostoso
Parecendo um anjo protetor?
Que homem é esse?
Por quem sou capaz de lavar, passar, cozinhar
e ainda fazer massagens nos pés?
Que homem é esse que me inspira poesia,
Que me leva à alegria

Que homem é esse que me deixa sem chão
Timida
Ensimesmada ?
Parece algo muito além do que eu posso ter.
Será ele apenas fruto da minha imaginação?Somente um ser virtual criado no espaço transcendental?



Misteriosa

Célia Pires

Existem pessoas que mesmo à distância se fazem presentes como um belo mimo que chegou na hora certa. A hora em que mais precisavamos de um afago no ego.
Alguém que sabe que um simples gesto de carinho pode fazer a diferença...e mudar o rumo de toda uma vida.
Pessoas que são bonitas por dentro e por fora.
Elas são raras, mas ainda existem pessoas que sabem que a esperança pode mudar o mundo e que nenhuma força pode fazer com que nos esqueçamos de pessoas que por alguns instantes nos fizeram felizes...
Pessoas como você Renata...

Maria

Foto-João Ferraz



Maria


Célia Pires
Seu nome é Maria, e como todas as Marias ela é cheia de esperança, de saudade, de doces lembranças.Artista, transforma tudo à sua volta e nos encanta com tanta beleza

Quem consegue se aproximar dela acaba afundando em mil sonhos coloridos e não quer acordar, pois são sonhos feitos de puro mel, de magias, 'temperados' com seu sorriso mágico, seus risos alegres.

Muita coisa ocupa esse coração....

Maria tem alegrias

Maria tem dignidade

Tem garra

Maria carrega a força daquelas que sabem lutar pelo que querem é sabem que com armas como o tempo e a esperança podem vencer qualquer batalha!


Existem pessoas como a Maria que com seu sorriso farto, olhar afetuoso e conversa ao pé do ouvido, de amigo mesmo, tornam a nossa vida cheia de encanto.Elas conseguem enxergar beleza na gente e dizem que somos especiais. Se é mentira ou verdade pouco importa. Só sei que a adooooroooooooooooo. Maria para mim você é uma benção. Uma fada que sempre me diz para nunca desistir e eu sigo a mestra!

domingo, 9 de agosto de 2009

(Foto-Star Fotos)


"O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência> e o exercício cotidiano do caráter." (Cláudio Abramo)-Frase enviada para a Tia Célia por Iraê Aline

sexta-feira, 7 de agosto de 2009


(Enquanto isso no Imparcial:"UUUUUUUUUIIIIIIIIIIIIIIdilicia"
Célia Pires

Café feito na hora pela Sandra
Gominha
Biscoito na hora da fome
Rir à toa
Polêmicas
Confundir um profundo suspiro com sacanagem
Ver você sorrindo
Receber o dim dim
Combinar um chopp sem gostar de beber. Só na expectativa de jogar conversa fora!
Sair cedo
Chegar tarde
Fofoca no msn
Bom humor
Queijo da Tatinha
Elogio inesperado
Comidinhas
Surpresa da Rosana em relação às loucura da Tia Célia: acha?
Pedido de casamento
Polêmicas da Rita
Charges do André
O animo do Carlos
As tiradas do Leandro
As do Gustinho também
Profecias do Zé
A pressa do vassoura
As reuniões de pauta com Chandele ou será Chantili?
O jeitinho da Lurdinha
As fotos do Sann
Fazer cócegas no Paulinho
O lanchinho do Samuel
Mas "dilicia" mesmo é poder fazer parte de tudo isso!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Mari.Ana


Mari. Ana

Célia Pires

Pense numa coisa muito boa e vai se lembrar de um nome: MARIANA
Seu rosto é o espelho de sua alma: lindo!
O sorriso doce encanta
Coloca muitas vezes o coração no pensamento
É uma estrela de brilho próprio moldada na forja do amor
Ela é leal, animada, popular, otimista. De arrasar corações!
Cresceu, mas graças a Deus, a menina que mora em seu interior permanece e é a parte que nos encanta, que faz com que nos apaixonemos por ela à primeira vista.
Mari. Ana. Mariana

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Não confunda solidão com ficar sozinho




  • Não confunda solidão com ficar sozinho


    Hoje em tempos de " ficar" ter um namorado tornou-se um artigo raro. Só
    encontramos, na maioria das vezes, pseudo-homens e com eles toda aquela carga, que considero negativa, do “To nem ai” a “fila anda” , ta facinho, facinho!Não vou contra a opinião de ninguém. Preservo a minha. Hoje vamos roubar trechos de Drummond:: Namorado é a mais difícil das conquistas. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio, e quase desmaia pedindo proteção. Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento, dois amantes e um esposo; mesmo assim pode não ter nenhum namorado. Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar lagartixa e quem ama sem alegria.Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade..Não tem namorado quem não sabe dar o valor de mãos dadas, de carinho escondido na
    hora que passa o filme, da flor catada no muro e entregue de repente, de poesia
    de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque, lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada, de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia, ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo, tapete mágico ou foguete interplanetário. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele; abobalhados de alegria pela lucidez do amor. Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir quem curte sem aprofundar.
    Não tem namorado que confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem
    namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando 200Kg de grilos e de medos. Se você não tem namorado é porque não enlouqueceu aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e, de repente, parecer que faz sentido Na verdade, há muito Titanic por ai: bonito, mas ineficaz quando surge a primeira dificuldade. Afunda ao primeiro iceberg que aparece! Tem muito bote salva-vidas que provoca muito mais efeito!
    Encontramos pessoas que nos inundam com sua luz, mas em contrapartida também encontramos aquelas que nos despedaçam, deixam em retalhos nossos sentimentos. E haja agulha e linha para costurar o estrago.Mas tudo faz parte de um grande aprendizado..Sei,é difícil repudiar as lágrimas que advêm da solidão e dos machucados provocados pelas dores de amores ou pelas desilusões. Mas quantas vezes vocês não ressurgiram das cinzas como Fênix? Inúmeras vezes, não é mesmo?
    Pois então meus queridos, deixem a tristeza para lá.Faça de você a sua
    melhor companhia. Levantem-se coloquem um CD bem bonito para relaxar e
    lembrem-se de uma coisa: vocês são especiais por não quererem da fruta somente o bagaço e tem mais:
    dane quem pense o contrário!

Recado para meu senhor









Recado para meu senhor


Com toda essa majestade, parece não saber que não pretendo magoá-lo.
E tem mais: eu quero você só pra mim. Desejar não é pecado! Não sei dizer o por que de meu coração elege-lo.
Você me aquece o coração, me permite sentir algo tão bonito como o amor.Meu Senhor. Meu Rei, eu quero dizer que quanto mais faço força pra te esquecer, mais eu me lembro de você. O som de sua voz, de seu riso que me provocam tanta alegria. Acho que não tem mais jeito: estou perdida...e não tenho a minima vontade de me encontrar!

Uma flor



(Foto-João Ferraz)


Uma flor


Se você fosse uma flor.
Seria a preferida de meu jardim.
Eu iria regá-la com carinhos,
beijaria cada gota de orvalho que caisse
em sua pétalas macias
Se você fosse uma flor, a minha flor...
eu o "despetalaria"
pétala por pétala e
o desnudaria para a vida...
(celia pires)



Azeitonas chilenas
Célia Pires
Cheguei a uma conclusão: nos preocupamos demais com o que pode vir a ser e não com o que é de fato. Nos preocupamos, muitas vezes, em satisfazer os outros deixando nossa vontade de lado, ou ao contrário, egoisticamente só pensamos em nós. Sabemos que sem equilíbrio a balança pende feio e nem sempre para o lado mais certo. Se colocarmos azeitonas demais, chilenas ou não, estragamos o prato!Sentimos muitas vezes falta de longas conversas com amigos de verdade, de um ombro verdadeiro onde possamos chorar sem culpas e sem medos, pois tem gente que fica ao nosso lado só de fachada, fingindo ser o que não é. Isso nos derruba, nos deprime, nos cansa sobremaneira. Será culpa nossa? Se for, o que devemos fazer? Parar o tempo não dá, voltar pra trás também não. Então, só nos resta ir vivendo esperando que um dia esse cansaço ou irritação que advém da rotina ou de um mundo agitado termine, e possamos aliviar os nossos ombros, assistir sem bocejar a um bom filme, caminhar sem sentir as pernas cansadas.Vivemos, mas não vivemos, precisamos aprender a saborear a vida como um prato que não se come frio, mas como uma comidinha caseira,que foi especialmente e carinhosamente preparada por nós, por isso tão saborosa!
Talvez, por isso que por muitos lugares onde vou, os pratos que levam azeitonas chilenas me fazem lembrar você,pelo sabor marcante, pela vontade de saborear algo gostoso!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

De hoje em diante...




(Foto: João Ferraz)




De hoje em diante...


Célia Pires

Tem músicas que parecem ter sido feitas pra gente, pois dizem exatamente aquilo que gostaríamos de expressar. Cantamos juntos,decoramos a letra, mas tudo fica ai, só na música. A realidade é dura.Aquela história do “de hoje em diante só vou gostar de quem gosta de mim” não existe. Gostamos sim de quem não dá a mínima pra gente. Sofremos horrores. Fechamos pra balanço. E, muitas vezes,sem perceber, fechamos a conta do coração. Não queremos mais somar.Nem dividir. Mas não percebemos que a caminhada se torna estéril, os sabores não têm o gosto real. Deixamos de confiar na confiança e passamos a observar as pessoas como verdadeiros detetives. Ninguém passa pelo nosso crivo. Todos têm defeitos! Deixamos de perceber que também não somos perfeitos. Só lembramos que demos, que fizemos e não tivemos nada em troca. Só nos concentramos na nossa dor e dane-se quem por ventura tentar quebrar essa barreira tão fortemente construída. Parece até que queremos vingança dando as costas para quem tentar chegar perto. Não separamos o joio do trigo. Todos vão para a mesma peneira, contanto que eu me proteja, que eu não seja atingido por um“tsunami” que arrebente com meu coração tão fortemente protegido pelo véu da indiferença e do silêncio. Uma caixa forte blindada.Mas no fundo só queremos “balas” poderosas que perfurarem a nossa armadura para mostrar o que verdadeiramente nos vai por dentro!

domingo, 2 de agosto de 2009




Célia Pires


Não devemos sofrer por amor!

Hoje alguém me chamou de esquisita. Tive que concordar em número, gênero e grau. Só uma pessoa bem esquisita mesmo pode gostar de quem não gosta dela! Aiaiaiaaiaiaiaaiaiai. Fiquei sentida!Mas meu coração pede calma e me sussurra que as coisas sempre acontecem na hora certa. Se não acontecerem, paciência! Posso afirmar que você conseguiu algo nunca conseguido antes: me encantar!
Me pego pensando no quanto você é um cara especial. O quanto é querido. De riso e sorriso genuínos.Muitas vezes um menino que se recusa a crescer! Muitas vezes, a melancolia cai sobre mim, pois me pego pensando que finalmente encontrei alguém que eu tanto procurava, mesmo a recíproca não sendo verdadeira.
Mas aprendi com um poema de Carlos Drummond de Andrade que não devemos sofrer por amor, que o certo é apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso. Mas ao mesmo tempo como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta também vem de Drummmond e é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.
E de novo Drummond nos salva:A dor é inevitável. O sofrimento é opcional...
Sei que nada possuo para encantá-lo.O que sua boca não revela o meu coração não sente e vai pulsando de contentamento só por você existir.




Milagres do coração
Célia Pires

Uma amiga minha me disse que, infelizmente, não consegue seguir o conselho de não transformar um sapo em príncipe, pois é difícil não ver encanto onde ele existe. Ela acredita que uma das piores coisas que existem no mundo é brincar com os sentimentos dos outros, mas se esqueceu de me avisar que a gente mesmo pode brincar, sem querer, com os próprios sentimentos elegendo alguém para quem nada significamos.. Mas como saber?
Segundo minha amiga, o universo masculino pode ser traiçoeiro e preferir fast food, ao invés de comida caseira; síntese, ao invés de longas conversas e que não existe mais lugar para o deixe eu cuidar de você e nem para as virtudes. Que quem as tem virou um completo extraterrestre.Um(a) pobre coitado(a). Anos luz atrasado(a) na escola do 'use e abuse e jogue fora' . Os valores ensinados por sua saudosa mãe ficaram relegados a quase plano nenhum. Mas ela a orientou que se seguisse os ensinamentos de nunca brincar com os sentimentos dos outros, passasse o tempo que passasse, encontraria alguém que pensaria da mesma forma que ela.Talvez, alguém que já tivesse sido abraçado pela dor e soubesse o quanto é triste a solidão da alma. Ela acreditou. Seu coração elegeu um rei, mas a recíproca não foi verdadeira. Mesmo assim minha amiga acredita que nada é por acaso e até agradece, pois nunca imaginou e nem se permitiu gostar de alguém assim. Nunca havia experimentado o sabor do não saber o que dizer, nunca havia ficado com a voz estrangulada na garganta com medo de dizer um eu gosto de você e até, imagine só, com ciúmes! Ela que sempre enfrentou tudo de peito aberto, vencendo a timidez, nunca se sentiu tão indefesa. e tão perdida ao dar um simples telefonema e que os segundos ou minutos de silêncio para uma resposta vinda do outro lado da linha fossem lhe causar tanta dor! Mas a minha amiga entende que nunca se deve ter pena de si mesma e que feio é roubar, não gostar e que pode existir sim, milagres do e no
Coração...

Célia Pires

Eu, Coruja

(Foto-João Ferraz)

Eu Coruja!



Célia Pires





Uma coruja que pode ser pimenta ardida ou puro mel. Um tapa ou um beijo. Pão pão ou queijo queijo ou os dois para fazer um belo sanduiche. Que pode ser pipoca na panela, amendoim torradinho. Champanhe ou veneno. Uma coruja leonina que mostra as garras se alguém quiser magoar, abusar ou violentar os seus direitos, por isso nem tente...Sou também de temperamento tímido, mas nem sempre quieta e discreta como as outras corujas que ficam mansas no cativeiro. Não pouso na mão de ninguém.Já escolhi um dono. Há corujas que chamam a atenção por causa da cabeça grande. Eu chamo pela cabeça dura. Minha plumagem quase sempre é negra. Vários tipos de corujas estão espalhadas pelo mundo todo: há a coruja das neves, branca, que vive no Pólo Norte, e a coruja das Filipinas, que é pescadora. Mas aqui no Brasil, igual a mim, sou euzinha mesmo.No norte, a coruja é considerada, mais do que no sul, uma ave de mau agouro. Mas muita gente pensa diferentemente. Muitos a consideram o pássaro das bruxas. Nessa hora fico confusa, pois também sou a bruxa. Mas os gregos consideravam a coruja como a ave da sabedoria. Isso de azar é pura crendice popular. Mas não mexa comigo senão...A minha visão diurna é igual a dos outros pássaros: ao contrário do que se pensa, não sou cega durante o dia. Tenho um campo de visão maior que o das outras aves. Jornalista né !?Depois do entardecer ao contrário das outras corujas não saio à caça, pois estou praticamente presa ao trabalho e meu coração já elegeu o dono dos olhinhos verdinhos mais lindos do mundo. Tudo o que se move e faz barulho chama minha atenção. Ataco, se mexerem comigo.Meus inimigos mortais são os gaviões, as cobras, os gatos do mato. Se você se enquadra num desses bichos ai, cuidado... Mas apesar do meu ar parado, sou muito esperta para escapar deles. E, além de esperta, sou atenta.Coruja com signo do dragão no horóscopo chinês! Tenho uma particularidade interessante, sou capaz de virar cabeças num ângulo de 180º e de esticar pescoços para cima. Tenho treinado para isso.
CORUJA: HÁBITOS E CUIDADOS
Vida média: As pequenas vivem menos, mas sou grande, portanto...Porte: a maior coruja brasileira se Chama Célia Pires
Higiene: diferente das outras corujas costumo tomar banho e às vezes gosto de ficar na chuva.
Alimentação: Para aves adultas: pedaços de carne. Cuidado com o dedo.Hábitos: vive à noite, manhã e tarde. Madrugada se tiver uma festa anos 70 tô dentro! Acomodações: viveiro grande. Poltrona num canto mais sombreado, onde eu possa ler e ouvir minhas músicas preferidas. O viveiro também deve ficar longe dos cativeiros dos outros pássaros, de modo que estes não vejam nem me ouçam. Sou assim. È minha natureza. Acasalamento e reprodução: na natureza o macho se aproxima da fêmea. Mas ele tem que pagar tudo! Conservadora ao extremo. Observação: minha comercialização é proibida pela lei de proteção à fauna silvestre, Lei nº 5.149.